Poets of the Fall

Poets of the Fall

30 de Novembro - RCA Club (Lisboa)
1ª parte: Kandia
Abertura de portas: 20h00 - Início do espetáculo: 21h00

Preço Bilhetes

25 euros

Classificação

M/16 anos

Comprar Bilhete

Ticketline

Os finlandeses POETS OF THE FALL vão estrear-se em Portugal com um concerto único, marcado para o dia 30 de Novembro, no RCA Club, em Lisboa. Indiscutivelmente um dos segredos musicais mais bem guardados do seu país, o grupo foi criado em 2003 e, lenta, mas seguramente, provocou impacto a nível global com a passagem dos anos. Houve, no entanto, dois momentos em específico que marcaram a sua carreira e os impulsionaram para outro nível de exposição: o sucesso do tema-título do seu segundo álbum, «Carnival Of Rust», e a participação como banda residente no popular jogo de vídeo “Old Gods Of Asgard”, de Alan Wake. Agora, com o novíssimo «Ultraviolet» na bagagem, prometem uma noite de música pintada de cinzento, altamente recomendada aos fãs dos conterrâneos HIM e The Rasmus, ou de bandas de rock alternativo como os Placebo.

Com seis dos seus oito álbuns a chegarem à primeira posição das tabelas de vendas na Finlândia, os POETS OF THE FALL são hoje um enorme fenómeno de popularidade no país de origem. Com uma das primeiras aparições públicas na banda-sonora do jogo «Max Payne 2: The Fall Of Max Payne», o grupo nasceu e cresceu em Helsínquia, editando o seu álbum de estreia, intitulado «Signs Of Life», em 2005. Desde esse primeiro lançamento de longa-duração, não mais pararam de crescer ou de editar música nova com regularidade invejável, recolhendo prémios da indústria e da imprensa especializada. Os elogios foram, claro, aumentando a antecipação e curiosidade em relação à edição do oitavo álbum de estúdio em Outubro do ano passado. Até porque, convenhamos – quantas bandas por aí conseguem manter o nível de consistência e qualidade destes finlandeses?

Adotando a mesma mentalidade expansiva e dada a mutações, que já tinha dominado os álbuns anteriores, «Ultraviolet», que chegou aos escaparates e às plataformas digitais a 5 de Outubro de 2018, mostrou a banda finlandesa a dar mais um passo em frente na sua evolução natural, protagonizando uma mudança de pele que, certamente, só os vai ajudar a crescer ainda mais. Os números, de resto, não nos deixam mentir – com dois singles de sucesso, «False Kings» e «Dancing On Broken Glass», lançados antes da edição do álbum, «Ultraviolet» atingiu uma vez mais a posição # 1 na tabela de vendas álbuns na Finlândia, assegurando a posição incontestada dos POETS OF THE FALL como um nome maior do rock alternativo moderno proveniente da Terra dos Mil Lagos.

BILHETES

Locais de Venda: Ticketline.
Em Espanha: Masqueticket.
Lojas: Abreu, Worten, Fnac, MediaMarkt, Note!, C.C. Mundicenter, C.C. Dolce Vita, SuperCor, UTicketline, Ask Me Lisboa, El Corte Inglês, A.B.E.P., Casino Lisboa, Centro Cultural de Belém, Forum Aveiro, Galeria Comercial Campo Pequeno, Shopping Cidade do Porto, Time Out Mercado da Ribeira e Unkind.pt.

BIOGRAFIA POETS OF THE FALL

Criada em Helsínquia, na Finlândia, a banda de rock POETS OF THE FALL juntou-se em 2003 em torno dos seus três elementos principais, Marko Saaresto na voz e guitarra, Olli Tukiainen na guitarra e Markus "Captain" Kaarlonen nos teclados e na produção. Tendo construído o seu estúdio, conseguiram lançar um single, intitulado «Late Goodbye», pouco tempo depois de terem começado a escrever música juntos e, em Janeiro de 2005, tinham um álbum no #1 do top de vendas graças à estreia «Signs Of Life». Trabalhando no duro, a banda foi recompensada no ano seguinte com os troféus de Melhor Álbum de Estreia e Melhor Banda do ano nos Emma Awards, a versão finlandesa dos Grammy. Provando a dedicação, lançam o álbum seguinte, «Carnival of Rust», logo em Abril de 2006, e voltaram a alcançar a primeira posição nas tabelas do país origem. De forma algo surpreendente, a banda conseguiu colocar dois dos seus discos nos tops ao mesmo tempo, transformando-se num verdadeiro fenómeno de popularidade.

Aproveitando o embalo proporcionado pelas vendas massivas e pela aclamação da crítica e da indústria, os POETS OF THE FALL encabeçaram também várias tours e, de forma a levarem a sua música às pessoas de forma mais fiel e impactante, sentiram necessidade de expandir a sua formação, recrutando Jani Snellman para o baixo, Jaska Makinen para a guitarra e Jari Salminen para a bateria. Ainda durante o ciclo de promoção do álbum #2, a banda fez uma digressão por sete países diferentes, incluindo uma primeira incursão pela Ásia e o final de 2007 acabou por ser em grande, com concertos em apoteose e mais uma série de prémios da indústria. O período de descanso não durou muito tempo, no entanto. O single «The Ultimate Fling» foi editado em Janeiro de 2008 e sucedido logo pelo álbum «Revolution Roulette» em Março – o álbum, sem surpresa, disparou diretamente para o #1. Desde então, tem sido uma carreira em velocidade constante, com uma sequência de álbuns muitos aplaudidos – «Twilight Theater» em 2010, «Temple Of Thought» em 2012, «Jealous Gods» em 2014, «Clearview» em 2016, «Ultraviolet» em 2018 – e concertos um pouco por todo o mundo, da Europa à Ásia, passando pelos Estados Unidos.

Mais acerca de Poets of the Fall

Website Oficial
Facebook

  • Poets of the Fall - Carnival of Rust