VV

VV

26 FEVEREIRO 2023 - CINETEATRO CAPITÓLIO (LISBOA)
27 FEVEREIRO 2023 - HARD CLUB (PORTO)
1ª PARTE: TBC
ABERTURA DE PORTAS: 20H00
INÍCIO DO ESPETÁCULO: 21H00

  • PREÇOS BILHETES
  • 28 euros
  • CLASSIFICAÇÃO
  • M/6 anos

Ville Valo, o icónico líder e estratega dos finlandeses HIM, regressa por fim a Portugal para apresentar o seu novo projeto a solo - VV.

Após uma colossal tour de despedida da sua banda de sempre em 2017, a que se seguiu um longo período de silêncio editorial interrompido apenas pela edição do EP «Gothica Fennica Vol.1» no ano passado, o icónico VILLE VALO vai regressar aos lançamentos de longa-duração e às digressões já no início de próximo ano. Primeiro, o cantor e músico finlandês vai finalmente lançar o seu muito aguardado registo de longa-duração a solo sob a designação VV e, depois, embarca numa extensa digressão pela Europa que o vai trazer de regresso a Portugal para uma data-dupla, agendada para os dias 26 e 27 de Fevereiro de 2023, no Cineteatro Capitólio e no Hard Club, em Lisboa e no Porto, respetivamente. Na bagagem, o talentoso mentor e compositor dos saudosos HIM traz a novidade «Neon Noir» – mais um exercício na arte de fundir luz e escuridão que, segundo o próprio, com o bom humor que se lhe conhece, soa “como se os The Mamas And The Papas se vestissem como os Metallica para irem a uma festa de Halloween”.

Na história do rock alternativo do século XXI serão poucos os artistas capazes de lançar uma sombra mais longa ou peculiar sob o estilo que VILLE VALO, o pioneiro finlandês do “love metal”. Feitas as contas, os HIM – banda que liderou de 1991 a 2017 – posicionam-se facilmente entre os nomes mais icónicos e idiossincráticos deste milénio. Zelosamente reverenciados, alegremente insultados, mas impossíveis de ignorar, deixaram uma marca indelével numa legião mundial de fãs e o fundador dos HIS INFERNAL MAJESTY afirmou-se desde muito cedo como um personagem encantadoramente desfasado do status quo. Inspirado pelos poetas, de Poe a Bukowski, e tingido por uma propensão para a tristeza perfumada do doom, com a sua banda, Valo criou oito álbuns que lhe valeram mais de dez milhões de discos vendidos, uma nomeação para os Grammy, inúmeras capas de revistas, aclamação da crítica e a veneração de uma geração.

Em 2017, após um silêncio editorial de quatro anos, a notícia de uma tour de despedida dos HIM foi recebida com choque e descrença entre os devotos, dando início desde logo a uma especulação interminável em relação a como seria, a partir dali, o futuro do músico. "Por mais divertidos que tenham sido os ritos fúnebres para os HIM, foram precisas mais que algumas luas para lamber as minhas feridas à sombra do Heartagram e arranjar uma boa desculpa para voltar a dedilhar a guitarra e cantarolar. Às tantas, decidi finalmente pôr uma trela no meu amado cão preto e começámos a uivar juntos em vez de ladrarmos um ao outro. Foi assim que nasceu a «Loveletting»”, explica o músico finlandês, referindo-se ao primeiro single de avanço para «Neon Noir», que será lançado no início do próximo ano e marca a sua estreia no formato de longa-duração sob a designação VV.

BILHETES

Locais de Venda: Meo Blueticket (Capitólio) e Ticketline (Hard Club).
Lojas: FNAC e bilheteira.fnac.pt, Worten, El Corte Inglés, Turismo de Lisboa, ABEP, Ask Me Lisboa, Casino Lisboa, Centro Cultural de Belém, Fórum Aveiro, Galeria Comercial Campo Pequeno, Shopping Cidade do Porto, Time Out Mercado da Ribeira, U-Ticketline e Unkind.pt.
Internacional: Masqueticket.

Mais acerca de VV = VILLE VALO